Acadêmicos de Psicologia de Dourados participam de palestra com Conselho Regional | Conselho Regional de Psicologia CRP14/MS
Receba nossas informações
  ENVIAR
HOME > COMUNICAÇÃO > NOTÍCIAS > Acadêmicos de Psicologia de Dourados participam de palestra com Conselho Regional
08/11/2014 | 10h:48

Acadêmicos de Psicologia de Dourados participam de palestra com Conselho Regional

A Comissão de Orientação e Fiscalização e o GT de Interiorização em parceria com o Sinpsi-MS realizaram ações em Dourados e Ponta Porã nos dias 04 e 05 de novembro de 2014.

A palestra "Integração com futuras(os) profissionais" tem por objetivo apresentar o Sistema Conselhos de Psicologia e realizar as principais orientações às(aos) acadêmicas(os) do curso de Psicologia das Instituições de Ensino Superior de MS.

Em Ponta Porã foi realizada reunião com profissionais que atuam no setor público com o objetivo de discutir a importância da valorização profissional, incluindo aspectos de condições de trabalho, carga horária, piso salarial, entre outros. Após a reunião deliberou-se pela continuidade dos encontros visando ações futuras que envolvam essa temática.

A discussão abordou o papel e atuação dos Conselhos Regionais e Federal de Psicologia. A palestra “Integração com Futuras (os) Profissionais” foi ministrada pela Comissão de Orientação e Fiscalização do CRP 14ª Região MS, com a participação do Sindicato dos Psicólogos de MS, sendo direcionada aos acadêmicos do último ano do curso de Psicologia da UNIGRAN.

Durante a palestra, os representantes explicaram as funções do Conselho, que além de orientar, fiscalizar e também disciplinar. Conforme a coordenadora do curso da UNIGRAN, Rosemeire Souza Martins, “o acadêmico que está saindo da Instituição, precisa obter essas instruções, o que fazer profissionalmente. E, principalmente, a utilização do Código de Ética que vai permear e direcionar toda a ação dele enquanto profissional”.

A professora menciona que, mesmo tendo a disciplina de Ética Profissional durante a graduação, é importante que os estudantes vejam a parte prática, na qual irá nortear o trabalho a ser realizado quando formado. “A proposta é orientar cada vez mais o profissional mostrando os deveres, o que é vetado e o que pode fazer e de que forma. O fator ético é o primordial na atuação profissional do psicólogo”, salienta.

Compreender o papel do profissional ao estar filiado a um Conselho, as funções enquanto profissional, apresentando trabalho ético e de qualidade, também foi abordado durante a palestra. “Temos uma demanda, que é muito comum entrar representações contra profissionais, que é quando há um vínculo muito próximo com o paciente, ou seja, de parentesco ou amizade, isso não é recomendado pela ética profissional, pois pode afetar e prejudicar o tratamento. É recomendado que passe o paciente para outro profissional”, ressalta Rosemeire.

 

Tag3 - Desenvolvimento Digital