Conselheira participa de evento da Assistência Social em Sidrolândia | Conselho Regional de Psicologia CRP14/MS
Receba nossas informações
  ENVIAR
HOME > COMUNICAÇÃO > NOTÍCIAS > Conselheira participa de evento da Assistência Social em Sidrolândia
24/04/2015 | 10h:31

Conselheira participa de evento da Assistência Social em Sidrolândia

O Conselho Regional de Psicologia de Mato Grosso do Sul se fez presente, por meio da conselheira Sueli Viçoso do Amaral, no evento que marcou a criação do Fórum Municipal dos Trabalhadores da Assistente Social da cidade de Sidrolândia (FMTSUAS). O evento foi realizado no dia 23 de abril, às 19 horas na Secretaria Municipal de Assistência Social do município.

Esta ação faz parte das diretrizes da VII Conferência Nacional de Assistência Social (2009), onde definiu-se a formação do Fórum Nacional dos Trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social.

 

Este é um momento histórico e fundamental para avançarmos no debate qual é o patamar que queremos atribuir a Política de Assistência Social, considerando a importância de seus trabalhadores e da gestão do trabalho para a qualidade dos serviços ofertados. 

A proposta do FMTSUAS é reunir todos os trabalhadores e trabalhadoras que atuam na Política de Assistência Social independente do vínculo de trabalho estabelecido e da formação profissional, da escolaridade, com objetivo de melhoria das relações e condições de trabalho, plano de cargos, carreiras e salários e da necessidade de planos de formação continuada, de concursos públicos. O respeito às normatizações da NOB-RH é luta do Fórum dos Trabalhadores do SUAS.

“O psicólogo é categoricamente parte integrante deste processo que, juntamente com outros profissionais, trabalham pela autonomia, independência e transformação da realidade de sujeitos em situação de risco e vulnerabilidade social. É uma atuação comprometida com a promoção de direitos, de cidadania, da saúde, com a promoção da vida e que leve em conta o contexto no qual vive a população atendida”, destacou Suely Viçoso.

É sabido também que mesmo os que lutam por outra sociedade não podem negar o campo de trabalho de profissionais, sob as contingências da sociedade real. Por isso, temos um projeto ético-político que orienta o/a profissional em defesa dos direitos humanos, direitos sociais, bem como da sociabilidade baseada em valores emancipatórios e na socialização das riquezas. Não é uma profissão ou uma política social que efetivará a transformação societária, todavia a orientação da ação profissional pelo projeto ético-político se dá nessa relação.

“A Assistência Social que defendemos é uma política de resistência, de inconformismo, de luta pela mobilização social e pela organização dos trabalhadores e trabalhadoras com vistas à construção do acesso a direitos dos usuários como também direitos de todos os trabalhadores que nela atuam. O avanço e consolidação da Política de Assistência Social implica que os trabalhadores alcancem sua dignidade no trabalho, superando a precarização, em SUAS diferentes nuances nas metamorfoses do mundo do trabalho. Contém com o CRP 14/MS nesta construção que ora inicia”, finalizou a Conselheira.

Participaram do evento a Secretária Municipal de Assistência Social de Sidrolândia, Joana de Almeida Michaski, Angela T. de Oliveira, Controladora do Município, representando o prefeito municipal, Genilda Farias Hora, do CMAS, o Presidente do Sindicato dos Servidores Municipais: Idemar Santos, a representante dos trabalhadores/as do SUAS: Joelma Ramos Machado de Lima, professora Valdete, membros que farão parte da coordenação do FMTSUAS, e a psicóloga Aletânea Ramires Gomes.

 

Tag3 - Desenvolvimento Digital