Receba nossas informações
  ENVIAR
HOME > COMUNICAÇÃO > NOTÍCIAS > CRP14/MS e SINPSI-MS realizam Encontro de Psicólogas/os da Assistência Social
17/10/2017 | 11h:33

CRP14/MS e SINPSI-MS realizam Encontro de Psicólogas/os da Assistência Social

Retrospectiva Mês da Psicologia

Aconteceu no dia 18 de agosto o Encontro de Psicólogas/os da Assistência Social, com o objetivo de debater as questões que norteiam a atuação da Psicologia na área da assistência social em nosso estado e no país, dentro do contexto do SUAS– Sistema Único de Assistência Social,. A atividade fez parte de um calendário do mês da/o Psicóloga/o 2017.

O evento foi realizado pelo o Conselho Regional de Psicologia de Mato Grosso do Sul (CRP14/MS), em parceria com o SINPSI-MS – Sindicato dos Psicólogos de Mato Grosso do Sul e contou com a participação da Psicóloga Danielle Cezini Lacerda, técnica do CREAS – Centro de Referência Especializado de Assistência Social no município de Serra-ES, especialista em Gestão de Políticas Públicas, Secretária de Políticas Sociais da Fenapsi – Federação Nacional das/os Psicólogas/os e membra do FNTSUAS – Fórum Nacional das/os Trabalhadoras/es do SUAS.
Durante sua fala, a psicóloga ressaltou os eixos temáticos da 11ª Conferência Nacional de Assistência Social, que esse ano teve o tema “Garantia de direitos no fortalecimento do SUAS”. No evento foram discutidos assuntos como a proteção social não contributiva e o princípio da equidade como paradigma para a gestão dos direitos socioassistenciais.

Além disso, Danielle Cezini Lacerda destacou a importância da participação social nas políticas públicas. “O governo não promove espaços de participação social. Por isso nós temos que exigir que ele crie esses espaços, também temos que promover ações como essa de hoje e participar delas para dialogar. Precisamos ser engajados para fazer a diferença”.

Danielle também elogiou Campo Grande pela a existência da Escola do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), a primeira Escola de Assistência Social do Brasil. E ressaltou que esse espaço deve ser valorizado e utilizado para capacitação de profissionais e promoção de debates. “Essa é a única escola do SUAS do Brasil, isso é muito relevante para a cidade. Vocês precisam usar ela para mobilização e para promover mudanças, mostrando sua importância para os outros lugares e incentivando a criação de novas”.

 

Tag3 - Desenvolvimento Digital