GT História da Psicologia apresenta: Marina Ribeiro, fundadora do CRP e precursora da Gestalt em MS | Conselho Regional de Psicologia CRP14/MS
Receba nossas informações
  ENVIAR
HOME > COMUNICAÇÃO > NOTÍCIAS > GT História da Psicologia apresenta: Marina Ribeiro, fundadora do CRP e precursora da Gestalt em MS
05/12/2015 | 13h:16

GT História da Psicologia apresenta: Marina Ribeiro, fundadora do CRP e precursora da Gestalt em MS

 

O Conselho Regional de Psicologia de Mato Grosso do Sul (CRP 14/MS) conta com o Grupo de Trabalho – História da Psicologia, que tem o objetivo de resgatar e registrar a construção da Psicologia no Estado, reconhecendo e valorizando os autores dessas histórias.

Neste registro, apresentamos a psicóloga Marina Ribeiro. Gestalt-terapista, professora, supervisora universitária, escritora infantil, autora dos livros Pingo Feliz, e Travessias.

Graduada em psicologia pelo Instituto São Marcos, em São Paulo, chegou em Mato Grosso do Sul em 1981 quando começou a lecionar na então FUCMT (hoje UCDB), onde ficou até 1992.

Naquela universidade foi onde começou a explorar a Gestalt-Terapia em supervisões inserindo, posteriormente, a abordagem na grade curricular da graduação, que permanece até hoje.

Além da carreira acadêmica, Marina também teve grande participação política na profissão,  sendo uma das fundadoras do Conselho Regional de Psicologia MS/MT, em 1996. Marina também articulou a criação do Sindicado dos Psicólogos, indicando a primeira gestão.

Em 1992, Marina cria o IGT/MS – Instituto de Gestal-Terapia de Mato Grosso do Sul, sendo a primeira presidente e, tendo como presidente honorário o Dr. Jorge Ponciano Ribeiro.

O batismo da Gestal-Terapia no MS remonta antes mesmo da criação do Instituto. Em 1985, uma palestra de Jorge Ponciano dava abertura à Primeira Turma de Formação em Gestalt, estabelecendo definitivamente no Estado uma nova visão de mundo e abordagem científica da Psicologia.

Em entrevista dada o CRP 14/MS, Marina compartilha a felicidade em seus feitos, mas destaca com muita humildade que não há deslumbre. “Fico feliz com o reconhecimento, mas pra mim tudo isso é muito natural. Faz parte de mim”, comenta.

LIVROS - Com a sensibilidade que diz ter adquirido na formação em Psicologia, Marina colecionou memórias, textos e vivências e reuniu tudo no seu segundo livro: Travessias. A obra, não biográfica, mas que apresenta a essência da autoria traz poesias e textos com objetivo de tocar o leitor. “Entrar no mundo subjetivo não é fácil. Entramos através do outro. Carregamos um pouco do outro em nós, a cada relação. Minha experiência me mostrou que ainda que um problema pessoal seja difícil, é possível a integração das partes soltas”.

A psicóloga que atualmente trabalha com Psicologia Social está escrevendo o terceiro livro que terá o título: “Gritos Não ouvidos”, relatando vivências no sistema de medidas sócio-educativas.

Marina atualmente mora no Estado de São paulo, mas também já morou na Bahia e acompanha a Psicologia em várias regiões do Brasil, destaca a força e a qualidade da Gestal-Terapia de Mato Grosso do sul.

Tag3 - Desenvolvimento Digital