Receba nossas informações
  ENVIAR
HOME > COMUNICAÇÃO > NOTÍCIAS > Roda de Conversa em Campo Grande discute Saúde Suplementar
17/10/2017 | 11h:29

Roda de Conversa em Campo Grande discute Saúde Suplementar

Retrospectiva Mês da Psicologia

O Conselho Regional de Psicologia de Mato Grosso do Sul (CRP14/MS), em parceria com o SINPSI-MS – Sindicato dos Psicólogos de Mato Grosso do Sul realizou no dia 19 de agosto a Roda de Conversa de Saúde Suplementar, que teve como tema as relações de trabalho entre Psicólogas/os e Planos de Saúde.

De acordo com a presidente do CRPMS/14, Irma Macário, a realização das rodas de conversa tem como objetivo conhecer as demandas das/dos profissionais e buscar ajustes e melhorias para a categoria. “Para nós psicólogos, a relação com os convênios é muito nova. Por isso é importante discutirmos e encontrar as possibilidades que temos aqui no nosso estado. Sabemos que o valor pago pelos convênios é uma afronta à nossa capacidade de trabalho, então por isso precisamos trazer mais profissionais principalmente da área clínica para elaborar estratégias de articulação para essa situação”.

Durante o encontro foram debatidas as relações de trabalho e as condições para uma prestação de serviços com ética e qualidade que muitas vezes são precárias, principalmente para os profissionais que atuam com plano de saúde. A pauta é de extrema importância, principalmente depois que a Justiça Federal determinou que os Planos de Saúde em todo o Brasil disponibilizem um número ilimitado de sessões de psicoterapia para seus clientes após ação do Ministério Público Federal em São Paulo (MPF). 
A roda teve participação do Psicólogo Alexandre Trzan Avila, Conselheiro Efetivo do XIII e XIV Plenário do Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro (CRP-05/RJ), e diretor do Sindicato dos Psicólogo do Rio de Janeiro. “Essa discussão é muito importante nesse momento, de desmonte em uma série de questões do nosso trabalho. Acho que nunca vivemos em um cenário tão difícil de negociação para nossa profissão, por isso é ideal a gente se unir para buscar um modo de mudar essa realidade”, comentou o psicólogo.

O psicólogo Fabrício Siqueira , membro do Grupo de Trabalho de Saúde Suplementar do SINPSI-MS, explica o objetivo de realizar ações como essa: “Nós buscamos unir a categoria para encontrar melhorias, principalmente frente as atividades dos planos de saúde, porque sozinhos encontramos mais represálias e mais dificuldades do que conquistas. Por isso é importante realizarmos esses encontros e conversas com outros profissionais. ”

Após a roda de conversa, alguns encaminhamentos foram feitos como a realização de novas reuniões para discutir os Planos de Saúde.

Tag3 - Desenvolvimento Digital